Curaçao, um paraíso do Caribe!

Ali estava Curaçao, há anos nos meus planos… um lugar do Caribe que me intrigava e atiçava a minha curiosidade! Depois que um casal de amigos esteve lá e contou maravilhas, eu não via a hora de conhecer esse lugar! E fui! 🙂

Curaçao é um mix caribenho, africano e europeu! Ritmos e cores típicos dessa região do planeta, colonização européia (holandeses, principalmente) e muito da cultura africana. Sabores, alegria e ritmo são ingredientes marcantes por lá e mesclam os 150 mil habitantes que vivem na ilha!

Chegamos no ótimo voo da Copa Airlines, que sai de São Paulo e faz conexão no Panamá e nos hospedamos…

Chegando em Curaçao com a COPA Airlines...
Chegando em Curaçao com a COPA Airlines…

…com direito ao drink de boas vindas, nas cores do mar da ilha e com a principal bebida local, que justamente dá nome ao país: o Curaçao Blue!

Um brinde a Curaçao (blue)
Um brinde a Curaçao (blue)

Depois de um merecido descanso e um relax na praia do Hilton Curaçao, onde nos hospedamos, os passeios começaram!

 

CENTRO HISTÓRICO

A capital Willemstad foi eleita um dos Patrimônios Mundiais da Humanidade da UNESCO. Suas construções preservam tradicionais e autênticos prédios de arquitetura dos países baixos, criando um perfeito equilíbrio entre a atmosfera europeia e o clima caribenho.

A cidade (que parece um bairro, pois é pequenina) está dividida entre dois bairros: Punda e Otrobanda. A primeira parte, mais turística, onde está esse setor histórico e a segunda, mais reservada aos locais, mas também cheia de charme e com livre acesso aos turistas!

As casas coloridas de Punda, em Willemstad, capital de Curaçao
As casas coloridas de Punda, em Willemstad, capital de Curaçao

Não deixe de caminhar por lá, ver as construções, acompanhar a abertura e o fechamento da ponte Queen Emma, que é única no mundo, pois ela se move de uma maneira bem diferente, se deslocando lateralmente  para a passagem dos barcos!

A ponte se abre, encosta na margem e o barco atravessa, entquanto Willemstad fica dividida entre Punda e Otrobanda
A ponte se abre, encosta na margem e o barco atravessa, entquanto Willemstad fica dividida entre Punda e Otrobanda
Caminhar pelo centro histórico de Willemstad é uma delícia!
Caminhar pelo centro histórico de Willemstad é uma delícia!

Ainda por lá, caminhe até o mercado flutuante e pare para uma visita ao Forte Rif, que tem lojas, um casino, restaurantes e o melhor de tudo, uma vista incrível para a cidade!

Rif Fort, em Curaçao
Rif Fort, em Curaçao

 

Punda vista do Forte Rif, com a ponte fechada e os pedestres atravessando.
Punda vista do Forte Rif, com a ponte fechada e os pedestres atravessando.

PRAIAS

Não tem como falar de Curaçao e não falar das praias, que são simplesmente incríveis!

Justamente por isso, resolvi fazer um post (que sai em breve) só sobre elas, mas como não quero te deixar no gostinho, já deixo a foto da praia que mais gostei!

 

Praia Kenepa (ou Knip), em Curaçao
Praia Kenepa (ou Knip), em Curaçao

 

Onde comer em Curaçao?

Curaçao tem uma grande variedade de restaurantes, lanchonetes e outros locais para comer. Pode ser na rua, num esquema rápido, em um belo restaurante, tranquilo e com ar condicionado, ou sentindo a brisa e admirando a paisagem. Ou ainda em algum local onde a população costuma ir, pra sentir o real sabor do tempero local!

Aqui vão 3 sugestões:

1 – Piasa Bieu

Localizado em Willemstad, parece um galpão e é quente, mas a comida tem um ótimo preço e é DE-LI-CI-O-SA!

2 – The Gourveneur

Super gostoso para ir à noite e ver a cidade. Fica do lado de Otrobanda, em Willemstad. Boa cerveja da casa!

3 – Xquisit

Mais moderno e com ambiente mais fechado. Comida espetacular e atendimento excelente em Otrobanda!

4 – Jaanchies

Se estiver fazendo um tour de praias, pare para almoçar nesse local. Fica bem ao norte da ilha, então é distante do centro, mas vale a pena se estiver nessa região!

 

Quando ir?

Durante o ano todo!

Sim, Curaçao não tem tempo ruim. Um pouco de chuva durante o final do ano (outubro a dezembro), mas nada que assuste. E quando ela chega, bate a vai embora rapidamente. Conhece as pancadas de verão? Pois é isso, refresca e já da espaço ao sol de novo!

 

Vale passar na praça Koningin Wilhelmina, que é ótimo para uma caminhada e para tomar uma gelada!
Vale passar na praça Koningin Wilhelmina, que é ótimo para uma caminhada e para tomar uma gelada!

 

Onde se hospedar?

Tranquilo, familiar e com um staff muito atencioso. Esse é o Hilton Curaçao!

Se você estiver cansado e não quiser passear, tem uma praia particular linda e muitas atividades dentro do próprio hotel!

Hilton Curaçao
Hilton Curaçao

Veja os valores do Hilton aqui e também outras aqui e já consulte preços pra ter uma ideia de de quanto vai gastar com a hospedagem em Curaçao! 😉

 

O que levar?

Protetor solar, máquina fotográfica (com proteção para usar embaixo da água, se tiver), mascara e snorkel (se você gosta de usar o seu equipamento pra snorkeling ou mergulho), roupas leves e um belo sorriso, pois receberá muitos por lá!

Fuso

Curaçao está 1 hora atrás do horário de Brasília, exceto quando temos horário de verão, que aumenta para 2 horas.

Moeda e Câmbio

O dólar norte americano é usado por toda a ilha, mas a moeda local é o Florin. U$ 1 = 1,75 florins. Cartões de crédito são aceitos por todos os lados. Não esqueça de validar o seu antes de viajar!

Onde fica Curaçao?

 


Obrigado, Curaçao!
Obrigado, Curaçao!

Curaçao ficou pra sempre no meu coração e esse não é um post como outro!

Sim, quem acompanhou minha ida a esse pequeno país do Caribe durante o ano ano passado pelas redes sociais, deve ter estranhado que eu não postei nada logo que voltei. Ok, não sou o cara mais rápido nas postagens, mas infelizmente o motivo não foi somente um atraso. Eu tive uma grande perda familiar durante a minha viagem e pela primeira vez voltei às pressas ao Brasil no meio de um trabalho sem conseguir concluir como eu gostaria.

O que ficou de após isso tudo? Um carinho ainda maior por Curaçao, pois desde o momento em que recebi a notícia e mesmo após o meu retorno ao Brasil, me deram toda a assistência possível e muita atenção!

Fica aqui o meu agradecimento especial às equipes da Twist and Shout, Scritta, CVC Viagens e Copa Arilines, além do Curaçao Tourist Board, que organizaram essa viagem e deram todo o suporte !

O veículo viajou para a Curaçao com o seguro viagem da GTA – Global Travel Assistance




Booking.com

Veja também:

Outros posts do Caribe!

Vídeos do Mochileiro!

Viagem com mergulho

 


 

Booking.com

Adicionar comentário